Carnaval da Matemática da UBM nª #22

Nesta vigésima segunda edição do Carnaval da Matemática da UBM, publicada em 15 de Janeiro de 2013, apresentamos as sinopses dos artigos enviados pelos autores dos 6 blogs participantes.

Solução Geométrica para o Problema dos Carros 

Blog: O Baricentro da Mente
Autor: Kleber Kilhian

Considere o problema a seguir: Quatro carros viajam pela mesma estrada em velocidades constantes. Os carros A, B e C seguem num mesmo sentido, enquanto o carro D segue em sentido oposto.

O carro A viaja atrás do carro B, que viaja atrás do carro C, todos eles há uma distância grande um do outro. 

O carro A ultrapassou o carro B às 8 horas; em seguida ultrapassou o carro C às 9 horas e foi o primeiro cruzar com o carro D às 10 horas. O carro D cruzou com o carro B às 12 horas e com o carro C às 14 horas. 

A questão é: a que horas o carro B ultrapassou o carro C?


Particula Quântica Confinada Num Cilindro
Autor:João Elias F. S. Rodrigues 

Nos dias atuais, com o desenvolvimento da nanociência e nanotecnologia, estudos teóricos e experimentais englobando sistemas com ligação carbono-carbono tipo sp2 cada vez mais atraem a atenção de físicos e químicos no mundo todo. Tais sistemas compreendem as formas alotrópicas do carbono, a saber, nanotubo de carbono, grafeno e fulereno. Pretendemos no texto a seguir, investigar as propriedades de uma partícula quântica confinada espacialmente num cilindro de raio a e altura L. Numa abordagem inicial, a partícula não sofre ação de forças externas, a exemplo de campos eletromagnéticos, no interior do cilindro em questão. Determinamos a função de onda normalizada juntamente com os níveis de energia da partícula confinada.


As Identidades de Newton
Blog: Elementos
Autor: Aloísio Teixeira

A quarta obra de Isaac Newton ([;1642-1727;]), Arithmetica Universalis, com a primeira edição publicada em [;1707;], contém o que hoje conhecemos como Identidades de Newton. São fórmulas que servem para calcular, recursivamente, a soma [;S_k;] das potências k-ésimas das raízes [; \left(S_k=x_1^k+x_2^k+...+x_m^k \right);] da equação polinomial:

[;A_0x^m+A_1x^{m-1}+...+A_{m-1}x+A_m=0;]



Desafio do Mundo Bizarro! SOS Terra! Superman Chamando!
Blog: Matemágicas e Números
Autor: Francisco Valdir 

DESAFIO PARA A TERRA!!!! O SUPERMAN PEDE A SUA AJUDA!!!!!

Faz poucos dias, correu a notícia de que o planeta ( ou o que resta dele???) Kripton, onde nascera o Superman, finalmente fora localizado no espaço profundo!!!!

Li essa notícia em vários blogs de astronomia que eu sigo, por exemplo: Da Terra para as estrelas, link... http://daterraparaasestrelas.blogspot.com.br/2012/12/sistema-solar-natal-do-super-homem-ganha-localizacao-no-mundo-real-com-ajuda-de-astronomo-norte-americano-planeta-de-origem-do-heroi-alienigena-integrava-a-constelacao-do-corvo-krypton.html, de Otávio Jardim Ângelo e também no blog Princípios da Astronomia da jovem e inteligente Thayná Mocelin, tendo o link para a sua postagem em... http://principiosdaastronomia.blogspot.com.br/2012/12/planeta-natal-de-superman-localizado-no.html !!!!
 

Alguns Matemáticos com suas Fórmulas Famosas

Blog:  Fatos Matemáticos
Autor: Prof. Paulo Sérgio

Ao longo da História da Matemática, houve desenvolvimentos de teorias, deduções de fórmulas, nos quais algumas tornaram-se os seus inventores famosos. Vejamos algumas destas fórmulas e o matemático envolvido com alguns comentários.

Na figura , temos Arquimedes com suas desigualdades sobre o [;\pi;], Pierre de Fermat com seu "último teorema" [;x^n + y^n = z^n;] e Leonhard Euler com sua famosa relação [;e^{\pi i} + 1 = 0;], que envolve as principais constantes mais importantes da Matemática.  


A Teoria dos Quatro Quatros 
Blog: Vivendo Entre Símbolos
Autor: Romirys Cavalcante

Segundo essa teoria é possível formarmos uma sequência de 0 a pouco mais de 100 com apenas quatro quatros usando as quatro operações básicas e alguns artifícios matemáticos como o uso de parênteses e colchetes. Dizem ainda que alguns fanáticos por essa teoria já conseguiram fazer de 0 a 10000 utilizando somente os quatro quatros.  

Se eu quiser formar o número 0 (zero), por exemplo, basta eu pegar 44 - 44 = 0. Veja que eu usei os quatro quatros juntamente com a operação básica da subtração para encontrar o valor 0.



1 comentários :

Olá, pessoal!!!! Olá, Aloísio!!!!

Este fim/começo de ano, até agora, está complicado para mim, no tocante a visitar os posts dos blogs, principalmente dos amigos, para me inteirar dos assuntos tratados em seus arquivos e, em se tratando do Carnaval da UBM, só agora é que passo a comentar, segundo o que foi estabelecido, na nova maneira de comentar os posts desse carnaval e nos demais que virão, então, eu deverei comentar a postagem do Aloísio, o que faço com muita honra e prazer!!!!

Meu amigo Aloísio, já tive em tempos idos, a obrigação de ter que estudar esse conteúdo, as !Identidades de Newton" e... segundo a teoria do "uso e desuso" de Lemark, estava quase que completamente atrofiado com o domínio desse conteúdo!!!! Então, na minha opinião, você resgatou, através desse belo e útil artigo, essa minha deficiência e... aceite os meus cumprimentos, por ter tido o cuidado de didaticamente... ensinar e exemplificar o que o grande Newton nos legou, ampliando a obra que o outro, não menos, matemático espetacular, o Girard já trabalhara anteriormente e Newton, já sabemos, não era desse que se contentava só com o "oito", portanto, partiu para o "oitenta e oito", ampliando o trabalho do seu colega!!!! Show de bola!!!!

Eu, um dia desses falei para o nosso amigo físico, o Jairo Grossi, do Infravermelho, que no meu tempo de estudante, eu era um aluno "chato" na opinião dos professores,. pois, quando eles me repassavam algum conhecimento, eu disparava a clássica 1ª das perguntas do aluno "chato" (eu torço e procuro por alunos desse tipo)... "para que serve isso"???? Assim, encerrando esse meu comentário (desculpe pela demora), quero lhe dizer que fiquei mais inteligente por causa do seu post e... satisfeito por você ter dado destaque a ele no Carnaval da UBM, abrilhantando o evento!!!!

Um abraço!!!!!

Postar um comentário

Cancelar comentário

UBM

União dos Blogs de Matemática