Carnaval da Matemática da UBM - N° #36

Nesta trigésima sexta edição do Carnaval da Matemática da UBM, publicada em $25$ de Abril de $2015$, apresentamos os artigos enviados pelos autores dos $7$ blogs participantes.


Explore mais o ensino sobre funções utilizando ambientes gráficos

Blog: TICs na Matemática
Autor: Charles Bastos


Dois exemplos de recursos computacionais que já utilizei (como TIC na educação) algumas vezes são Applets construídos no Geogebra para diversos tipos de funções e algumas planilhas eletrônicas construídas no Excel ou no Calc, por exemplo, para funções polinomiais de ${ 1 }^{ \circ  }$ e ${ 2 }^{ \circ  }$ grau. Os Applets podem ser baixados, por exemplo, do GeogebraTube e as construções e download das planilhas podem ser visualizadas: funções polinomiais do ${ 1 }^{ \circ  }$ grau e funções polinomiais do ${ 2 }^{ \circ  }$ grau.

Estes recursos indicados são úteis para relacionar várias situações em uma curva e as características das funções (coeficientes, expoentes, raízes, concavidade, convexidade, domínio, imagem, máximos e mínimos, etc.), mas existem duas ótimas referências de GIRALDO que são mais abrangentes por não lidarem apenas com algumas funções em específico, ou seja, em um mesmo software é possível estudar várias características de diferentes tipos de funções; são os programas Graphmática e WinPlot.



A História do Número Zero

Blog: O Baricentro da Mente
Autor: Kleber Kilhian


Pensar no zero como representando o nada está errado. O fato é que o zero está na base de dois, ou três, importantes avanços da matemática. A história remonta um tempo antes de $1600 a.C.$, no berço da civilização: a Mesopotâmia.

Nessa época, os babilônios tinham desenvolvido um sistema posicional para escreverem números, baseado no agrupamento de $60$, de onde heranças desse sistema é a marcação do tempo em minutos e segundos. Era chamada escrita cuneiforme, pois os símbolos usados tinham a forma de cunha, onde os dois símbolos básicos eram...

Centroide de Regiões na Forma de Leque

Blog: Fatos Matemáticos
Autor: Prof. Paulo Sérgio


Centroide é o ponto no interior de uma figura geométrica que define o seu centro geométrico. Assim como o centroide de um triângulo é localizado em cada mediana a dois terços do caminho entre o vértice e a base oposta, o braço de alavanca para o momento em relação ao eixo $x$ da região triangular fina da figura a acima é aproximadamente...


Medidas de tendência central: média, moda e mediana

Blog: Vivendo entre Símbolos
Autor: Romirys Cavalcante


Quando alguém afirma que a temperatura média, ontem, de sua cidade, foi de $20°C$, todo o conjunto de temperaturas de ontem foi representado por um único valor que, nesse caso, foi a média aritmética dessas temperaturas. A média aritmética é uma das medidas de tendência central que abordaremos nessa publicação.

As medidas de tendência central são utilizadas para caracterizar um conjunto de valores, representando-o adequadamente. A denominação “medida de tendência central”, que você viu no título dessa postagem, se deve ao fato de que, por ser uma medida que caracteriza um conjunto, tenderá a estar no meio dos valores. Além da média aritmética, iremos aprender, nessa publicação, também sobre a mediana e a moda.



ALGO MAIS SOBRE O USO DA CALCULADORA

Autor: Prof. Francisco Valdir


Como você pode saber se a sua calculadora está funcionando corretamente? Sabe como testar? E sobre a memória dinâmica você já ouviu falar?

Digite o número: $12345679$ e multiplique-o por $9$. No display da calculadora deverá aparecer $E1111111$ (caso ela tenha apenas $8$ dígitos, devido ao estouro de memória) ou $111111111$ se for uma máquina de $9$ ou mais dígitos. Mas (ATENÇÃO!!!!), caso apareçam outros dígitos diferentes de $1$ no resultado, então, a sua calculadora está defeituosa e não merece confiança. Estando ok, então eu vou lhes explicar como utilizar a memória dinâmica das calculadoras ( a maioria possuem) no emprego de certos cálculos com valores fixos na forma de parcelas, fatores, subtraendos e quocientes, quando vão ser seguidamente utilizados. 

Veja mais >>>

Aulas particulares de Matemática em SP

Autor: Jefferson Santos


Amigos, como muitos já sabem, trabalho como professor de Matemática na Prefeitura de São Paulo, na UNIP (Universidade Paulista) com cursos em EAD e também com revisão de livros didáticos de Matemática. Apesar desses trabalhos, meu grande objetivo é expandir meu projeto com aulas particulares de Matemática para ensino fundamental, médio e concursos públicos.

As aulas particulares são feitas em domicílio, na residência do aluno ou em bibliotecas públicas ou de universidades, conforme combinado com o aluno. O grande diferencial das aulas particulares é a atenção voltada $100 \%$ ao aluno, priorizando seu aprendizado, além de estudarmos somente o que for necessário, não precisando seguir um conteúdo programático de algum curso...

Veja mais >>>

Sequência pedagógica modelo LSM: Referencial Teórico

Autor: Daniela Mendes


Olá queridos leitores, gostaria de dividir com vocês o coração das sequências pedagógicas preparadas no projeto LSM, para prepará-las, utilizamos como base a taxonomia dos objetivos educacionais de Bloom revisada, o aprendizado significativo de Ausubel, a demonstração informal de Motta, as reflexões sobre a interação com material manipulativo de Castelnuovo e os Parâmetros Curriculares Nacionais.

Iniciamos pelo primeiro degrau: Lembrar, trabalhando o tema a partir de exemplos cotidianos como elementos disparadores, procurando trabalhar o tema partir do que o estudante já sabe, promovendo, portanto, a ancoragem do tema a ser estudado... 


0 comentários :

Postar um comentário

Cancelar comentário

União dos Blogs de Matemática